25 de Abril

Esta é a madrugada que eu esperava o dia inicial inteiro e limpo Onde emergimos da noite e do silêncio E livres habitamos a substância do tempo Sophia de Mello Breyner Andresen, in O Nome das Coisas, 197

Vivência do amor em Memorial do Convento

  That’s when you know you found somebody really special… When you can just shut the fuck up for a minute and comfortably share silence. Pulp Fiction   Tanto pode ser o silêncio ausência de linguagem como uma forma de comunicação. Da primeira aceção, é o par real exemplo. Na verdade, em Memorial do Convento … LER MAIS

Cartas para Vig

Porto, 12 de março de 1853    Queridos pais,    Escrevo a pedir o vosso humilde perdão. Agora que sou capitão de um navio e giro uma próspera empresa de negócios, percebi que fugir de Vig não foi uma decisão consciente, mas uma resolução imponderada e impulsiva de um imaturo rapaz de catorze anos. Sete anos depois, olho para … LER MAIS

Poetas do Mundo #3

Personagem polifacetada da vida cultural portuguesa (Foz do Douro, 3 de Janeiro de 1942 — Lisboa, 27 de Abril 2014). Poeta, romancista, ensaísta, tradutor, foi secretário de Estado de dois Governos provisórios, desempenhou funções directivas na RTP, na Imprensa Nacional e na Comissão para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses. Em 1999, foi eleito deputado ao … LER MAIS

Frederico Lourenço: Prémio Pessoa para o tradutor de Homero e da Bíblia

A épica tradução a solo da Bíblia, a partir do grego antigo, foi o pretexto mais próximo para a atribuição do Prémio Pessoa a Frederico Lourenço, mas o tradutor de Homero ou Eurípedes é também ficcionista, ensaísta e poeta. Depois de ter traduzido a Odisseia e a Ilíada, foi provavelmente a colossal empreitada que agora tem em mãos … LER MAIS

“É melhor morrer a lutar pela liberdade, do que ser um prisioneiro para o resto da vida.” Bob Marley

 A liberdade garante-nos a identidade. A verdadeira expressão de quem somos. Qual o propósito de uma vida privada do seu mais íntimo sentido? A luta pela liberdade torna-se, assim, essencial. É um propósito atribuído a uma vida que parecia inicialmente condenada. Morrer a lutar pela liberdade, pelo direito a usufruir daquilo que é nosso por … LER MAIS

Porto e Famalicão unidos na intenção de dinamizarem projeto para a valorização do património camiliano

No dia em que se assinalou o 192.º aniversário do nascimento de Camilo Castelo Branco, os presidentes da Câmara do Porto e de Famalicão realizaram uma visita a algumas das instituições da cidade que marcaram a vida e a obra do romancista. O objetivo deste périplo foi também avaliar a criação de um projeto de … LER MAIS

Pai, Dizem-me que Ainda Te Chamo

Pai, dizem-me que ainda te chamo, às vezes, durante o sono – a ausência não te apaga como a bruma sossega, ao entardecer, o gume das esquinas. Há nos meus sonhos um território suspenso de toda a dor, um país de verão aonde não chegam as guinadas da morte e todas as conchas da praia … LER MAIS